Monitoramento pós-tratamento ortodôntico

Um correto monitoramento pós-tratamento é fundamental para o sucesso a longo prazo de um tratamento ortodôntico. A orientação e aplicação do uso correto das contenções são fundamentais neste processo.

A contenção é importante para estabilizar os dentes após o tratamento ortodôntico, permitir a reorganização das fibras gengivais e do ligamento periodontal na nova posição dentária, e minimizar as mudanças dentárias que podem ocorrer com o crescimento e envelhecimento do indivíduo.

Existem basicamente dois tipos de contenção: a móvel, que é mais utilizada nos dentes superiores, e a fixa, que é mais utilizada nos dentes inferiores. A contenção inferior consiste num fio de aço inoxidável colado atrás dos dentes, geralmente de canino a canino.

Antigamente costumava-se dizer que o paciente deveria utilizar as contenções por um período de 1 ano após o término do tratamento. No entanto, pesquisas demonstram que isso não é verdade. Na maioria dos casos, será necessária a utilização das contenções por vários anos ou, em alguns casos, pelo resto de sua vida. Infelizmente, os dentes têm uma tendência de se entortarem (apinhar) à medida que a pessoa vai envelhecendo. Portanto, o paciente deve continuar fazendo visitas anuais ou semestrais ao ortodontista para acompanhar o desempenho das contenções, avaliar o controle da higiene, e diagnosticar eventuais problemas clínicos.

Conheça o nosso protocolo de controle ortodôntico e de saúde bucal.


Placa de contenção utilizada para manter os resultados de um tratamento ortodôntico.